Conheça o B-2 Spirit / Stealth B-2

B-2 Spirit ou Stealth B-2 é um bombardeiro projetado secretamente na área 51 pelas empresas Northrop Grumman, General Electric eBoeing usando um conceito antigo sobre “asas voadoras” e uma inovadora técnica de desenho por computador de “asa unida em W”.

O bombardeiro recebeu o nome de Northrop-Grumman B-2 Spirit, embora seja mais conhecido como B-2 Spirit ou Stealth B-2 (stealth do inglês “escondido”, “furtivo”), uma vez que é um avião quase invisível ao radar. Outra qualidade admirável é que, embora extremamente fino, o avião consegue carregar toneladas de mísseis e bombas, inclusive ogivas nucleares.

O custo unitário do bombardeiro B-2 Spirit gira em torno de 2 bilhões de dólares, sendo uma das máquinas de guerra aérea mais caras do mundo.

O avião já é uma lenda, pois seu legado havia iniciado no fim da guerra do golfo, destruindo alvos essenciais como campos de pouso, defesas antiaéreas e até uma gigantesca fortaleza.

O B-2 Spirit é a segunda geração de caças do tipo furtivo (stealth) produzido no mundo e o primeiro capaz de carregar bombas termonucleares.

O avião é única e exclusivamente feito para a Força Aérea dos Estados Unidos (USAF) e não pode ser adquirido ou fabricado de maneira alguma por qualquer outro governo, mesmo sendo aliado. O B-2 nunca foi detectado em espaço aéro inimigo ou abatido. O único registro de um B-2 perdido se deve a um acidente no qual os ailerons responderam com eficiência excessiva na decolagem, danificando sua fuselagem. Os dois pilotos se salvaram do acidente.

Informações técnicas:

 

Descrição

Fabricante Northrop Grumman Corporation
Entrada em serviço dezembro de 1993
Missão bombardeiro estratégico stealth
Tripulação 2

Dimensões

Comprimento 20.9 m
Envergadura 52.12 m
Altura 5.20 m
Área (asas) 464.5 m²

Peso

Tara 71,668 kg
Peso total 152,600 kg

Propulsão

Motores General Eletric F-118-GE-110
Força (por motor) 77 kN

Performance

Velocidade máxima 764 km/h

Mach 0.85
Alcance bélico 12,230 km

Armamento

Metralhadoras Não possui
Mísseis/Bombas 22.680 kg de bombas convencionais ou bombas termonucleares

Se você gostou deste post e gostaria de receber as atualizações do Blog Engenheirando no seu e-mail (imediatamente, diariamente ou semanalmente), preencha o campo “Receba os posts por e-mail” que se encontra na barra lateral à direita.

Pedimos a gentileza de responder a nossa pesquisa (clique aqui) sobre o cenário atual do mercado de trabalho para engenheiros. Você receberá o resultado parcial da pesquisa, se desejar, quando atingirmos um número significativo de respostas.

Este slideshow necessita de JavaScript.

Anúncios

Deixe seu comentário aqui

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s